PIS 2017/2018 – Calendário de pagamentos

Em breve, terá início o pagamento do PIS 2017/2018 e muitas pessoas ainda tem dúvidas e querem saber não tem ou não direito ao benefício.

Pensando nisso, divulgamos aqui informações referentes a esse benefício de direito de grande parte dos trabalhadores brasileiros. Confira aqui o calendário de pagamentos de PIS 2017/2018 e descubra se você é um beneficiário, saiba os valores e como fazer para receber este beneficio sem grandes dificuldades.

O que é o PIS?

PIS é a sigla usada para Programa de Integração Social. Esse programa é uma contribuição social usada para cobrir gastos do seguro desemprego e também do abono do PIS, que são pagos anualmente a milhões de trabalhadores.

Quem tem direito a receber o PIS 2017/2018?

Claro que qualquer pessoa gostaria muito de receber uma grana extra anualmente, como recebem o 13º salário, porém, no caso do PIS, há algumas restrições para se enquadrar e ter o benefício. As exigências fundamentais são: ser registrado no PIS, há, no mínimo, cinco anos; ter recebido do empregador remuneração mensal de até dois salários mínimos; ter desenvolvido atividade remunerada por, pelo menos, 30 dias no ano-base, e que a empresa envie sem erros os seus dados para a RAIS.

PIS 2017/2018 – Calendário de pagamentos

Qual valor do PIS receber?

Anteriormente, qualquer pessoa que tinha direito a esses benefícios recebiam, sem restrição, o valor de um salário mínimo vigente. Ou seja, até aquelas que trabalhavam somente um mês a cada ano tinham direito ao benefício.

Isso era muito bom para essas pessoas, porém, aumentava, cada vez mais, os gastos do Governo. A mudança nas regras ocorreu com a aprovação da medida provisória 665. Atualmente, vale a regra da proporcionalidade de período trabalhado no ano base. Dessa forma, se uma pessoa X trabalhou 5 meses no ano base, vai receber apenas o proporcional a 5 meses do PIS completo que seria o total de um salário mínimo. Nesta mesma lógica, quem trabalhou apenas 1 mês vai receber apenas 1/12 e assim por diante. Só vai receber o valor total disponível (1 salário mínimo), quem trabalhou o ano base completo.

Aqui temos exemplos de como ficará o valor que o trabalhador irá receber, tendo em vista o salário minimo atual de R$ 937,00.

Quem trabalhou um mês receberá R$ 79,00; 2 meses, R$ 157,00; 3 meses, R$ 235,00; 4 meses, R$ 313,00; 5 meses, R$ 391,00; 6 meses, R$ 469,00; 7 meses, R$ 547,00; 8 meses, R$ 625,00; 9 meses, R$ 703,00; 10 meses, R$ 781,00; 11 meses, R$ 859,00; e, por fim, quem trabalhou todos os 12 meses do ano base receberá R$ 937,00.

Como sacar o PIS?

Os pagamentos do PIS 2017 e PIS 2018 são ordenados de acordo com o mês de nascimento do trabalhador, e os valores do benefício variam de R$ 79 a R$ 937, dependendo do tempo de trabalho durante o ano-base.

Para sacar, o trabalhador que possui o Cartão Cidadão com senha cadastrada pode ir a uma lotérica, a um ponto de atendimento Caixa Aqui ou aos terminais de autoatendimento da Caixa. Caso não tenha o Cartão Cidadão, o valor pode ser retirado em qualquer agência da Caixa, apresentando o documento de identificação.

Para os correntistas da Caixa Econômica Federal, no dia 25, os valores já podem estar creditados na conta. Por telefone também é possível verificar se os valores já foram creditados, basta conferir o saldo no telefone 0800 726 0505, opção 2. Mas fique atento ao calendário abaixo:

Veja aqui o calendário do PIS 2017/2018

​​Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​27/07/2017 ​​25/07/2017​
​Agosto ​17/08/2017 ​​15/08/2017​
​Setembro ​14/09/2017 ​​12/09/2017​
​Outubro ​19/10/2017 ​​17/10/2017​
​Novembro ​17/11/2017 ​14/11/2017
​Dezembro ​14/12/2017 ​​12/12/2017
​Janeiro ​​​​18/0​1/2018 16/01/2018
​Fevereiro
​Março ​​22/02/2018 ​ ​​​20/02/2018
​Abril
​Maio ​​15/03/2018​​ 13/03/2018
​​Junho.
PIS 2017/2018 – Calendário de pagamentos
Rate this post

Receba informações no seu e-mail

Receba, gratuitamente, informações sobre seguro desemprego no seu e-mail

Coloque seu e-mail:

Deixe um comentário