Qual o valor do seguro desemprego

      Nenhum comentário em Qual o valor do seguro desemprego

Quer saber qual o valor do seguro desemprego? Quer saber quanto você vai receber do seguro desemprego? Então preste atenção nesse artigo pra que todas as suas dúvidas sejam sanadas com ele.

Em assistência financeira ao profissional desempregado, o seguro desemprego é uma das medidas mais solicitadas como modo de ajuda na garantia de estabilidade financeira. Destinado aos trabalhadores que acabaram perdendo o emprego, o seguro desemprego oferece parcelas não inferiores a um salário mínimo na tentativa de manter a estabilidade do profissional enquanto ele busca por outro emprego.

Variando entre condições específicas e se direcionando para casos variados, o seguro desemprego conta com diferentes valores, parcelas e extensões. Analisando sua condição e suas necessidades, você pode entender como solicitar o seguro desemprego e o que você pode receber como benefício.

Confira algumas das condições do programa!

Quem pode solicitar o seguro desemprego?

O serviço pode ser requerido por qualquer trabalhador dispensado sem justa causa, pelos que tiveram seus contratos de trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação oferecido pelo empregador, por pescadores profissionais durante períodos de pesca proibida (épocas de procriação das espécies) e por trabalhadores resgatados de condições semelhantes às de escravidão.

Trabalhadores domésticos e contratados têm parcelas e condições diferenciadas, mas ambos têm os mesmos direitos ao recebimento da assistência financeira temporária.

Qual o valor do seguro desemprego?

O valor do seguro desemprego varia de acordo com o tipo de benefício. Dependendo da faixa salarial, sendo pago em no mínimo três parcelas e, no máximo, em cinco, o valor é limitado a partir da situação do beneficiário.

Dependendo também da quantidade de meses trabalhados, o trabalhador pode contar com o benefício entre seis e 36 meses de trabalho com vínculo empregatício comprovado.

Tendo como base o novo salário mínimo de 2014, de R$ 724,00, o cálculo do seguro desemprego deve levar em consideração os valores do salário médio dos últimos meses anteriores à dispensa, a partir da aplicação da seguinte fórmula:

Com faixas de salário médio até R$ 1.151,06, o valor da parcela é feito a partir da multiplicação do valor por 0.8 (80%). Entre faixas de salário médio de R$ 1.151,07 até R$ 1.918,62, o valor da parcela será o que exceder a 1.151,06 multiplicado por 0,5 (50%) mais R$ 920,85. Por fim, para faixas de salário médio superiores a R$ 1.918,62, o valor da parcela consiste em R$ 1.304,63 invariavelmente, sendo este o valor máximo a ser oferecido pelo sistema de benefícios em assistência financeira.

O valor pode ser pago em unidades lotéricas CAIXA, agências da mesma e em contas do seguro desemprego.

Rate this post

Deixe um comentário